Investigadora do CCMAR premiada pela L'Oréal Portugal | CCMAR
 

Investigadora do CCMAR premiada pela L'Oréal Portugal

 

A investigadora Dulce Oliveira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e do Centro de Ciência do Mar da Universidade do Algarve (CCMAR), acaba de ser premiada pelo trabalho desenvolvido na área das variações climáticas. A cientista vai estudar o impacto das variações climáticas nos ecossistemas marinho e terrestre, analisando "períodos quentes semelhantes ao atual interglaciário" e "transições entre períodos glaciares e interglaciares caracterizadas por um aumento contínuo da temperatura e pela ocorrência de eventos climáticos abruptos".

O trabalho envolve uma equipa multidisciplinar que juntará dados relativos a outras áreas, resultando num estudo final que "ajude a distinguir a variabilidade climática natural das alterações [climáticas] associadas às atividades humanas".

Dulce Oliveira foi uma das quatro premiadas, selecionada entre mais de 70 candidatas por um júri presidido pelo investigador Alexandre Quintanilha. O júri que avalia as candidaturas é designado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e o montante dos prémios é atribuído pela empresa de cosméticos L'Oréal.

Este prémio premeia anualmente jovens cientistas doutoradas, com idade até aos 35 anos, que fazem o seu trabalho em Portugal nas áreas da saúde e do ambiente. Esta é a 14ª Edição das Medalhas de Honra para as Mulheres na Ciência, uma atividade promovida pela L'Oréal Portugal, em parceria com a Fundação para a Ciência e Tecnologia e a Comissão Nacional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

A premiada vai receber 15 mil euros para prosseguir a investigação nesta área. A cerimónia de entrega das distinções está agendada para esta quarta-feira, 21 de março, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, na presença das secretárias de Estado da Ciência, Maria Fernanda Rollo, e da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro.

 

 

(Texto com Lusa e Diário de Notícias)