Especialistas do CCMAR vão otimizar produção e utilização de microalgas | CCMAR
CCMAR é o único parceiro português em dois projetos europeus de Aquacultura
O Centro de Ciências do Mar (CCMAR) é parceiro em dois grandes projetos, financiados pela União Europeia, através de fundos H2020, o PerformFISH e o MedAID. Ambos os projetos serão desenvolvidos por equipas do CCMAR, durante os próximos anos.
SIBIC2018
VII Congress of the Iberian Society for Ichthyology, Faro, Portugal, from the 12th to the 16th of June, 2018. REGISTER NOW
Aquaexcel2020 - The 8th Call for Access is OPEN
The 8th Call for Access is OPEN, with an application deadline of 12 December 2017.
 

Especialistas do CCMAR vão otimizar produção e utilização de microalgas

 

O projeto chama-se ALGARED+ e o Centro de Ciências do Mar (CCMAR) é um dos membros do consórcio luso-espanhol  de nove instituições que é responsável pelo projeto, que faz parte do Programa (POCTEP) Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal.  

 Especialistas portugueses e espanhóis vão trabalhar juntos na "Rede transfronteiriça para o desenvolvimento de produtos inovadores com microalgas" (ALGARED+) que visa promover a investigação e desenvolvimento tecnológico na área da biotecnologia de microalgas e sua utilização na saúde, cosméticos e aquacultura.

O projeto ALGARED + faz parte do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) INTERREG VA Espanha-Portugal 2014-2020 e é formada por um consórcio de nove instituições, composto por universidades, centros de investigação, empresas públicas e do setor privado nos ramos da aquacultura, biomedicina, e produção de microalgas, das regiões do Algarve e Alentejo, em Portugal; e Andaluzia, em Espanha.

Com esta rede, procura-se fortalecer o sistema R+D+i fronteiriço, num setor emergente, com grande potencial, que é a biotecnologia de microalgas. Ao mesmo tempo que visa aumentar a massa crítica de centros de pesquisa, melhorar a qualidade das publicações, incentivar a mobilidade dos investigadores, e optimizar os recursos e infra-estrutura específica de cada órgão envolvido.

A Universidade de Huelva (UHU) coordena este projecto que envolve a CTAQUA, Centro IFAPA El Toruño da Universidade de Córdoba (UCO) e o CSIC, do lado espanhol, sendo a Universidade do Algarve (UAlg) - através da equipa de investigação do CCMAR e de outras equipas de investigação da UAlg, Necton, o IPMA Administration (IPMA) e a Sea4US os participantes do lado português.

Parte do consorcio integra duas empresas, pelo que se espera alcançar um bom grau de transferência de resultados para permitir aumentar o caráter inovador destes, reforçando assim o negócio da biotecnologia de microalgas e incentivando a criação de postos de trabalho qualificados.

Entre as atividades programadas, está prevista a bioprospeção e estabelecimento de uma coleção transnacional de novas estirpes de crescimento rápido de microalgas; e recuperação de biomassa de microalgas para o desenvolvimento de bioprodutos inovadoras no campo da biomedicina e cosméticos.

Finalmente, a ALGARED+ tem por objetivo melhorar o conhecimento das vias metabólicas principais envolvidas na assimilação de nutrientes, produção de bioenergia e síntese de compostos de interesse em microalgas.

O projeto, com duração de dois anos e meio, termina em dezembro de 2019.